O que é Libras – Como Surgiu, Qual sua Importância e Que Língua é essa?

Você sabe o que é libras? A Língua Brasileira de Sinais, ao contrário do que muitos pensam, não são mímicas e gestos. É uma linguagem única do surdo. Como o nome já diz, é uma língua exclusivamente brasileira, não sendo universais. Cada país possui a sua própria língua.

 

o-que-é-libras

 

O que é Libras? – Como Surgiu e Parâmetros

A Libras surgiu do Instituto de Surdos-Mudos, atualmente chamado de INES (Instituto Nacional de Educação de Surdos).

Como qualquer outra língua, na LIBRAS também há variação conforme a região. Os sinais são formados de acordo com a combinação da forma alguns pontos de articulação  e expressões faciais. São divididas em alguns parâmetros:

  • Configuração das mãos;
  • Ponto de articulação;
  • Movimento;
  • Expressões faciais e corporais;
  • Orientação e direção.

Que língua é essa e qual sua importância?

Há uma grande importância em aprender LIBRAS para uma boa comunicação entre surdo e ouvinte e surdo-surdo. Uma forma de reconhecer e dar devido atenção à cultura surda e o mais importante: haver a inclusão social. Não apenas para acrescentar mais um aprendizado em nosso currículo, mas também aprender essa língua em sua totalidade.

Hoje em dia no mercado de trabalho, é um grande diferencial saber e conhecer profundamente essa língua, já que muito difícil de se encontrar um intérprete qualificado em LIBRAS. Importante dentro da escola, faculdade, hospitais. No caso de escolas para surdos, há o aprendizado desde o básico como números, alfabeto, cores, família, até o surdo aprender a se comunicar de uma forma mais avançada.

A dificuldade em aprender Libras

Para as pessoas que já aprenderam mais de uma língua, fica até mais fácil lidar com a LIBRAS. Essa língua, tem certas semelhanças com a língua portuguesa, porém, há muitas coisas que também diferem. Por isso, devem ser pensados de maneiras diferentes e não apenas uma simples tradução da língua portuguesa para a língua de sinais.

Aprender libras como qualquer outro idioma, exige muito treino, paciência e dedicação. Com a internet, hoje em dia tudo fica muito mais fácil. Conseguimos aprender coisas que antigamente demorávamos anos.

 

27 Comentários

  1. Hands down, Apple’s app store wins by a mile. It’s a huge selection of all sorts of apps vs a rather sad selection of a handful for Zune. Microsoft has plans, especially in the realm of games, but I’m not sure I’d want to bet on the future if this aspect is important to you. The iPod is a much better choice in that case.

  2. I discovered your blog web site on google and verify just a few of your early posts. Continue to maintain up the very good operate. I simply further up your RSS feed to my MSN News Reader. In search of ahead to studying more from you in a while!…

  3. If you’re still on the fence: grab your favorite earphones, head down to a Best Buy and ask to plug them into a Zune then an iPod and see which one sounds better to you, and which interface makes you smile more. Then you’ll know which is right for you.

  4. This is getting a bit more subjective, but I much prefer the Zune Marketplace. The interface is colorful, has more flair, and some cool features like ‘Mixview’ that let you quickly see related albums, songs, or other users related to what you’re listening to. Clicking on one of those will center on that item, and another set of “neighbors” will come into view, allowing you to navigate around exploring by similar artists, songs, or users. Speaking of users, the Zune “Social” is also great fun, letting you find others with shared tastes and becoming friends with them. You then can listen to a playlist created based on an amalgamation of what all your friends are listening to, which is also enjoyable. Those concerned with privacy will be relieved to know you can prevent the public from seeing your personal listening habits if you so choose.

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.